quinta-feira, 3 de maio de 2012

Assape congela mensalidades em 2012 e dá exemplo a condomínios

Uma boa notícia: enquanto vários síndicos estão pleiteando aumentos do condomínio acima da inflação – no Saint Barth a proposta original mínima é de 12% - A Assembléia da ASSAPE foi surpreendida com proposta da Presidência, através do diretor-geral, Joelcio Cândido,  de aumento ZERO nas cotas da associação em 2012.

Isso significa que no boleto de cada condomínio a parcela da ASSAPE, que administra o conjunto da Península, continuará sendo cobrada pelo valor de R$ 177,06, o mesmo de 2011.
Importante também que, a exemplo do ano anterior, não haverá aporte para o fundo de reservas, normalmente estipulado em 10% do valor da cota.
Isto porque, embora tenha feito várias obras, como das baias em frente ao campo de futebol, a ASSAPE mantém em caixa reservas equivalentes à arrecadação de um mês, que é de R$ 1 milhão 105 mil reais.

Em sua exposição à assembléia de abril passado, Joelcio Cândido disse que esse congelamento não afetará a qualidade dos serviços contratados.  Antes, pelo contrário. Essa redução real – considerando a inflação de 6.5% - decorre de um processo de racionalização baseado na renegociação dos contratos.

No caso dos transportes,  houve um aumento da frota e uma melhor distribuição dos horários.  O item mais oneroso é o da segurança, orçada em R$ 260.000,00 para uma cobertura total da área com postos fixos e a utilização de 1 automóvel, 4 motos, um seway (patim elétrico) e um carro elétrico. Há previsão também de monitoramento eletrônico dos pontos considerados críticos.

O congelamento implica uma reversão da curva de custos. Pelo que entenderam alguns moradores, criou-se uma filosofia de enxugamento de custos e isso deve servir de referência para os condomínios do complexo da Península, que realizam assembléias ordinárias neste período.

Qual a sua opinião a respeito?  Qual foi o aumento no seu condomínio? Com sua resposta, comporemos uma nova matéria sobre gestão, um dos grandes desafios de nossas administrações.


Nossa opinião
Pedro Porfírio

A Península somos nós

Acompanhamos a vida da ASSAPE há cinco anos. Inclusive como primeiros representantes do Style, em 2009. Desde então, apontávamos erros numa gestão concentrada nas mãos do vice-presidente de então. Localizamos gorduras nos gastos e apontamos.
À época, fomos mal compreendidos. Havia coisa que víamos e que não eram consideradas sob a alegação de que estávamos “fazendo política”.
Um belo dia, fomos surpreendidos por uma mudança radical. A ASSAPE contratou um profissional, que consideramos sério, o vice-presidente de então saiu e as coisas começaram a mudar.
Este ano, vamos usufruir do processo de enxugamento e de critérios mais pertinentes nos contratos terceirizados.  Isso se deve também a uma ação mais atenta do Conselho Fiscal, que fez vários reparos, devidamente considerados pela administração. O relatório apresentado por sua presidente foi aplaudido na assembléia, infelizmente com pouca participação.
A meta agora, segundo o diretor-geral, é recorrer aos achados da tecnologia para tornar os custos ainda mais racionais.
É isso que queremos não só para a ASSAPE, mas também para cada um dos condomínios deste complexo tão paradisíaco.  Mas não é isso que acontece em algumas administrações.
Esperamos com o nosso CORREIO estimular o intercâmbio de informações entre moradores dos vários prédios para que tenhamos a segurança de que estamos sendo bem administrados em nossos condomínios.
A Península é a mais fascinante proposta de moradia da nossa cidade. Quem veio para cá está em busca de qualidade de vida, mas também quer arcar com seus custos sem os sacrifícios que já fizeram muitos proprietários baterem em retirada.
Isso é possível. Principalmente se cada um assumir sua parte, indo às reuniões do condomínio e acompanhando suas administrações. A Península somos nós, que isso fique bem claro.


Qual o clube mais querido na Península?
Nosso blog está disponibilizando uma pesquisa para saber das preferências dos moradores. A primeira pergunta é qual o clube carioca mais querido aqui. Acesse a enquete ao lado e dê seu voto. Pode acontecer surpresa nas preferências entre Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco.

8 comentários:

  1. Ronaldo Teixeira Soares3 de maio de 2012 23:01

    Penso que é preciso mesmo enxugar as despesas nos nossos condomínios. Alguns contratos de terceirização saltam à vista, principalmente nas áreas de segurança, nem sempre eficientes e sem o entrosamento entre a empresa do condomínio e a da Península.

    ResponderExcluir
  2. Mesmo com essa notícia, ainda acho que há muitas falhas na administrasção. Já reclamei da invasão dos carros que estacionam aqui dentro para não pagar estacionamento nos prédios comerciais e não tive resposta. Moro num prédio bem perto da entrada, que é um dos mais prejudicados por essa invasão. E vejo a facilidade com esses carros entam.

    ResponderExcluir
  3. Valéria Gomes Corrêa4 de maio de 2012 11:15

    Prezado Sr.Pedro Profirio,

    Após ter sido síndica do Style de abril/2009 a abril/2011, posso afirmar com absoluta
    certeza, que uma boa administração consegue manter os custos bem enxutos,
    possibilitando assim uma correção anual equivalente a inflação do período.
    Administrei o condomínio, aplicando a correção de 6%, nos dois períodos consecutivos.
    Sei que para isto temos que nos dedicar integralmente e manter um rígido controle das
    contas, evitando possiveis ralos de drenagem do nosso dinheiro.

    Hoje temos uma Assape sendo administrada por pessoas sérias , como o Gustavo que foi
    meu subsíndico por 2 anos.

    Um abraço,

    Valéria Gomes Corrêa

    ResponderExcluir
  4. Ontem dia 13 de junho havia inumeros carros estacionados onde havia uma placa dizendo: Sujeito a reboque. Perguntei ao guarda. o senhor não vai multar esta bagunça? Ele me disse; A igreja tem uma autorização da prefeitura para que ninguem seja multado no dia de missas. Hora quem manda aqui é a igreja ou melhor a capela? Ela faz o que quer e fica por isso mesmo? Então eu não tenho que pagar nada para a ASSAPE pois quem manda aqui quem entra ou sai se multa ou não é a igreja. Ou melhor Capela , definição de capela:4. Capela - Templo católico que comporta, normalmente, só um altar, caracterizada pela sua modesta estrutura física, onde o padre exerce suas funções, normalmente de forma itinerante, estando subordinada e pertencendo a determinada paróquia.
    Não é o que está acontecendo aqui ela não está se comportando como uma capela e sim como uma igreja. Absurdo: Festa junina no nosso espaço com musicas o dia todo enchendo a paciencia dos moradores. Que condominio é esse que permite seus moradores serem reféns de quem não mora aqui? Entra quem quiser, vou procurar saber se devo me livrar de contribuir para a assape, pois ela permite a bagunça que a capela faz e durante os demais dias manda multar até moradores como certa vez foi meu marido. Não estou gostando nada do que a capela anda fazendo. Capela é para atender os moradores daquela comunidade ou seja do condominio Peninsula e não trazer gente de fora.

    ResponderExcluir
  5. Que absurdo o comentário acima.
    Quanto egoísmo em uma só pessoa.

    ResponderExcluir

Este espaço é livre para seu comentário. Saiba usá-lo evitando palavras agressivas e ataques pessoais ou inconvenientes.

Web Analytics