sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Sua rotina: celulares ganham um 9 domingo e Perimetral fecha dia 2

Números da Nextel ficarão com 8 dígitos. Cada um deverá alterar sua agenda e só a OI tem aplicativo, até agora, para facilitar a mudança

Discar para um telefone celular, hábito definitivamente incorporado à vida de todos os brasileiros, vai sofrer uma mudança neste domingo, dia 27, nas linhas dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, a exemplo do que já aconteceu em São Paulo: um  novo dígito - o 9 - será acrescentado no início do número,  à esquerda dos algarismos atuais, que passarão a contar com o formato 9XXXX-XXXX. A medida vale para ligações a partir de celulares e telefones fixos.

Até agora, uma única operadora, a OI, está disponibilizando um aplicativo gratuito para ajudar seus usuários a atualizarem seus contatos de forma fácil e rápida. As demais estão emitindo orientações.
Para saber o que cada operadora está falando a respeito do nono dígito clique nos seus nomes: Oi, Vivo, Claro, TIM.
A mudança deverá ser feita pelos próprios usuários e tem um prazo no Rio de Janeiro até o dia 5 de novembro. Depois dessa data, você só conseguirá falar com outro celular se discar o numero antigo com o 9 na frente. A exceção é para os telefones da Nextel, que permanecerão com os 8 algarismos: para esses aparelhos não faça nenhuma mudança.

O nono dígito está sendo implantado progressivamente em todo o país devido ao aumento do número de aparelhos em uso, que deverá chegar até o final do ano a 263 milhões, ou 1,3 por habitante. No Estado do Rio, são 24 milhões de aparelhos para 16 milhões de habitantes - ou 1,5 por pessoa.

Até o dia 5 de novembro, as ligações com 8 dígitos nos DDDs 21, 22, 24, 27 e 28  ainda serão completadas, para dar tempo de adaptação às redes das operadoras e aos usuários. Entre os dias 6 de novembro e 3 de fevereiro de 2014, chamadas feitas com 8 dígitos vão receber mensagem sobre a mudança e com orientações sobre a nova forma de discagem. Essas chamadas, segundo a Anatel, podem ser completadas ou não. Após esse período, as chamadas feitas com 8 dígitos não serão mais completadas.

Na capital paulista e em mais 63 municípios de São Paulo que utilizam o DDD 11, a mudança aconteceu em julho de 2012, porque existia uma necessidade urgente de aumentar a capacidade de numeração, que subiu de 44 milhões para 90 milhões de números. No interior do estado, DDDs de 12 a 19, a mudança foi feita no dia 25 de agosto.

Até o fim de 2016, a Anatel pretende que todos os celulares do país contem com um número a mais, padronizando a telefonia móvel brasileira.

Segundo o cronograma da agência, até 31 de dezembro de 2014, o sistema começa a funcionar também no Pará, em Roraima, no Amapá, no Amazonas e no Maranhão. No fim de 2015, o nono dígito será estendido para Minas Gerais, Bahia, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí. Por último, até dezembro de 2016, Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Tocantins, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul ganham o número nove a mais.

Fim da Perimetral no dia de finados

CLIQUE NA IMAGEM PARA VER MAIOR O MAPA DA MUDANÇA
Outra notícia que poderá mexer com a sua rotina é o fechamento e implosão do viaduto da Perimetral entre o Gasômetro e a Praça Mauá, numa iniciativa polêmica do prefeito Eduardo Paes: só a demolição vai custar à Prefeitura mais de 1,1 bilhão de reais.  A partir do próximo dia 2, feriado de finados, a via também morrerá para os quase 100 mil motoristas que a utilizam diariamente.

Para diminuir os impactos no trânsito, o prefeito pediu um “esforço” da população e sugeriu a quem vem de Niterói que use as barcas. Aos que vêm da Barra ou da zona oeste, Paes propôs que ofereçam carona aos vizinhos. Entretanto, o prefeito não acenou com faixas expressas para os “carros compartilhados”, modalidade que já funciona em outros países.
Pedimos  uma mudança de rotina. As pessoas têm uma relação com o automóvel, às vezes, muito egoísta. Então, nesse período, um morador da Barra da Tijuca, que pega a Linha Amarela, que pega a Avenida Brasil, pode combinar com o vizinho. A solução não está na operação de trânsito”, disse Paes.
Também no dia 2 de novembro, a Via Binário do Porto será reaberta. A nova rota, que deverá ser usada pelos motoristas, é paralela à Avenida Rodrigues Alves.

A Via Binário do Porto, em um sentido, fará a ligação da Rodoviária Novo Rio à Avenida Rio Branco. No outro sentido, o trajeto parte da Rua Primeiro de Março em direção às Alças do Viaduto do Gasômetro. O sistema, com 3,5 Km de extensão, paralelo à Avenida Rodrigues Alves, terá três faixas por sentido e várias saídas para a distribuição interna do trânsito.

A Avenida Rodrigues Alves, na Zona Portuária, será interditada em ambos os sentidos a partir das 23h do dia 14 de novembro, como parte dos preparativos para a implosão do Elevado da Perimetral, marcada para o dia 17. O prazo total de interdição ainda não será definido com o Consórcio Porto Novo.

Quanto ao mais, se isso vai funcionar direito, só Deus sabe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é livre para seu comentário. Saiba usá-lo evitando palavras agressivas e ataques pessoais ou inconvenientes.

Web Analytics