domingo, 12 de janeiro de 2014

Jeito próprio de se livrar da fumaça

Decisão do Circus de chamar os bombeiros para a fumaça que retornava da pizzaria é elogiada por moradores

"Agora que quero colocar o meu pequeno aí... vocês mostraram comprometimento e responsabilidade com o negócio. Parabéns, Renata Mina! Que sirva de exemplo para outros empresários!" - O comentário de Andréa Carvalho, postado na  página dos Reais Amigos da Península, revestiu de um final feliz o incidente desta quinta-feira no Open Mall, provocado pela presença dos bombeiros.

O que aconteceu provavelmente não tem precedentes por aqui e mostrou que muitas vezes é preciso "chutar o pau da barraca" para levar à solução de um impasse. Foi desse jeito que se resolveu em duas horas o que se protelava por dias.

É uma história simples. Esperada como uma das grandes atrações do shopping, a nova pizzaria estava se debatendo com uma falha no sistema de exaustão,  em função da qual a fumaça não tinha vazão e acabava retornando, o que afetou diretamente o Club Circus, um projeto inteligente voltado para o desenvolvimento das crianças a partir do sexto mês de nascimento.

Renata explica o "engarrafamento" da fumaça do forno da Pizzaria
Renata Mina,  diretora do centro de desenvolvimento infantil, detectou as nuvens de fumaça antes mesmo de retornar às atividades regulares de ano novo. Conversou com um dos responsáveis pela pizzaria e com a administração do shopping, que ficaram de localizar a origem do "fumacê" e dar um jeito.

De segunda-feira até quinta nada foi feito e ela ficou sem alternativa ao se ver obrigada a suspender as atividades lúdicas na parte da tarde desse dia, enquanto ligava para os bombeiros reportando o excesso de fumaça.  Em pouco tempo, uma equipe de combate a incêndio chegava ao Open Mall, onde se constatou outro inconveniente: carros estacionados na faixa sob uma placa de proibição fizeram as viaturas de socorro parar no meio da rua.

Diante da situação criada e a constatação feita pelo tenente-bombeiro Felipe Bonfim, a administração do Open Mall e da pizzaria agiram rapidamente. Não era nada complicado. Simplesmente a redução no diâmetro do conduto do exaustor já no seu final provocava o retorno. Quando projetou a saída, o construtor não contava com essa quantidade de fumaça, típica de forno à lenha. De imediato, foi eliminada a redução e a fumaça passou a seguir seu curso, normalizando a exaustão. Nada que não pudesse ter sido resolvido dias antes.

O episódio suscitou uma ampla discussão. Ao esclarecer na página dos Reais Amigos que não houve incêndio no clube de crianças, conforme se disse originalmente, Renata Mina enfatizou: "reforçamos que nós da Circus prezamos pela saúde e bem estar de nossas crianças, pais e funcionários e por essa razão tomamos a decisão de chamar os bombeiros, mesmo sabendo que poderia haver uma repercussão negativa dos fatos".

Diriam os mais irônicos que "entre mortos e feridos escaparam todos".  O Club Circus já retomou às atividades da colônia de férias orientada por uma equipe de  psicólogos, professores de arte e recreadores e a pizzaria vai conquistando seu lugar no gosto dos moradores.

É uma pena que tenha acontecido esse "susto" para que tomassem providências diante de uma falha técnica visível e de fácil solução.

No clima da Copa

Formar um novo grupo de colecionadores de figurinhas das copas de futebol é o objetivo do nosso vizinho Victor, do Edifício Garden, da Península.

Ele nos escreveu para divulgar sua intenção. Quem quiser participar, sugerimos entrar em contato com ele. Seu e-mail é    victor.teles@gmail.com  Para incentivar a participação de outros aficionados, ele mandou o link da matéria sobre o novo álbum:


4 comentários:

Este espaço é livre para seu comentário. Saiba usá-lo evitando palavras agressivas e ataques pessoais ou inconvenientes.

Web Analytics