quarta-feira, 15 de abril de 2015

Não recorra a bodes expiatórios

Se você não consegue enfrentar seus problemas econômicos, sociais, existenciais e afetivos não procure bodes expiatórios. Dê um tempo e descubra a zona de lucidez que ainda existe em seu cérebro. 

Os problemas econômicos são como um câncer, dependem da fase em que forem diagnosticados. Os sociais são como um diabetes, a primeira providência é uma dieta saudável. Os existenciais são como a AIDS, só um coquetel de remédios ajuda a minimizar seu sofrimento.  Já os afetivos são como a esquizofrenia, o mais indicado é procurar um especialista imediatamente por que, de fato, não há remédio que cure.  

14 comentários:

Este espaço é livre para seu comentário. Saiba usá-lo evitando palavras agressivas e ataques pessoais ou inconvenientes.

Web Analytics